Aquilo que o artista esqueceu


A trovoada,
a chuva
e o sol
que apesar de tudo
ainda espreita,
são uma obra de arte
esculpida e exposta
nas linhas do artista,
mas ele esqueceu da tua brisa fresca
na minha pele.
A cortina esvoaça leve pelo quarto
e fala do vento.
A tarde cai tranquila
e eu,
quer feche os olhos ou olhe o tempo
crio de modo simples mas intenso,
aquilo que o artista esqueceu:
- A tua brisa fresca que me aquece...
trecho lúcido deste amor imenso!

Fernanda R-Mesquita

Comentários

Mensagens populares