segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

O teu abraço

Esse abraço que encontro em teus braços
em que todas as noites procuro sentir,
é o refúgio de todos os meus cansaços
que tu cansado abraças a sorrir.

Refugio o meu rosto no teu peito,
junto às tuas batidas as do meu coração
e nesse teu abraço que parece tão estreito,
as minha vontades às tuas se dão.

Em silêncios ou em palavras dadas,
nos vestimos de poemas, de carinhos
e as tristezas se tornam em brasas apagadas
e acendemos a chama onde ardemos sózinhos!

Fernanda R-Mesquita

Sem comentários:

Enviar um comentário